Maio 2016 | Maria, Mãe de Misericórdia

Mês de Maria: dia 12

12. Maio. 2016

Deus alegra-se e deleita-se de maneira totalmente especial em Maria. Ela experimentou a misericórdia divina, acolhendo no seu ventre a própria fonte desta misericórdia: Jesus Cristo.

INTRODUÇÃO

Neste mês de maio, unimo-nos ao papa Francisco e à sua rede mundial de oração para que se difunda nas famílias, comunidades e grupos a prática de rezar o Santo Rosário pela evangelização e pela paz.

PRIMEIRO MISTÉRIO

«‘O Senhor está próximo!’ […]; nada nos deve angustiar. E não está sozinho, mas com a sua Mãe. Ela dizia a São João Diogo: ‘[…] Não estou porventura aqui Eu, que sou a tua Mãe?’. Ele e a sua Mãe estão próximos! A maior misericórdia reside no seu estar no meio de nós, na sua presença e companhia» (Homilia de 12 de dezembro de 2015).

SEGUNDO MISTÉRIO

«Deus alegra-se e deleita-se de maneira totalmente especial em Maria. Numa das orações mais querida ao povo cristão, a oração da ‘Salve Rainha’, denominamos Maria ‘Mãe da misericórdia’. Ela experimentou a misericórdia divina, acolhendo no seu ventre a própria fonte desta misericórdia: Jesus Cristo» (Homilia de 12 de dezembro de 2015).

TERCEIRO MISTÉRIO

«Ela, que sempre viveu intimamente unida ao seu Filho, sabe melhor do que ninguém o que ele deseja: que todos se salvem, que a ninguém falte a ternura e a consolação de Deus. Que Maria, Mãe da misericórdia, nos ajude a compreender quanto Deus nos ama. A Maria confiemos os sofrimentos e as alegrias» (Homilia de 12 de dezembro de 2015).

QUARTO MISTÉRIO

«Que nos convertamos em misericordiosos, e que as comunidades cristãs saibam ser oásis e mananciais de misericórdia, testemunhas de uma caridade que não admite exclusões! Dirijo-lhe uma súplica a fim de que oriente os passos do seu povo, povo em peregrinação que está à procura da Mãe da misericórdia!» (Homilia de 12 de dezembro de 2015).

QUINTO MISTÉRIO

«‘A doçura do seu olhar nos acompanhe neste Ano Santo’. Peçamos-lhe que este Ano jubilar seja uma sementeira de amor misericordioso no coração das pessoas, das famílias e das nações; que continue a repetir-nos: ‘Não tenhas medo, não estou porventura aqui Eu, que sou a tua Mãe’, Mãe da misericórdia?» (Homilia de 12 de dezembro de 2015).

INTRODUÇÃO ÀS 3 AVE MARIAS FINAIS

Rezemos três Ave Marias pela evangelização e pela paz.

INTRODUÇÃO À SALVE RAINHA

«A Mãe da Misericórdia. […] Dirijamos-lhe a oração, antiga e sempre nova, da Salve Rainha, pedindo-lhe que nunca se canse de volver para nós os seus olhos misericordiosos e nos faça dignos de contemplar o rosto da misericórdia, seu Filho Jesus» (Bula de Convocação do Jubileu Extraordinário da Misericórdia, 24).