Maio 2016 | Maria, Mãe de Misericórdia

Mês de Maria: dia 30

30. Maio. 2016

O Deus vem salvar-nos e não encontra uma maneira melhor para o fazer do que caminhar connosco, viver como nós. […] Não escolhe uma cidade grande de um império poderoso, nem uma princesa ou condessa como mãe, uma pessoa importante. Maria era uma jovem de 16 ou 17 anos, não mais, numa aldeia esquecida.

INTRODUÇÃO

Neste mês de maio, unimo-nos ao papa Francisco e à sua rede mundial de oração para que se difunda nas famílias, comunidades e grupos a prática de rezar o Santo Rosário pela evangelização e pela paz.

PRIMEIRO MISTÉRIO

«Deus vem salvar-nos e não encontra uma maneira melhor para o fazer do que caminhar connosco, viver como nós. […] Não escolhe uma cidade grande de um império poderoso, nem uma princesa ou condessa como mãe, uma pessoa importante. Maria era uma jovem de 16 ou 17 anos, não mais, numa aldeia esquecida» (Homilia de 18 de dezembro de 2015).

SEGUNDO MISTÉRIO

«Maria nos ajude a sentir o enlevo […] devido a Jesus, o dom dos dons, o presente imerecido que nos traz a salvação. O encontro com Jesus levar-nos-á a sentir esta surpresa! Mas não podemos sentir este enlevo, não podemos encontrar Jesus, se não O encontrarmos no próximo, na história e na Igreja» (Angelus de 20 de dezembro de 2015).

TERCEIRO MISTÉRIO

«Deus entrega-se totalmente a nós, oferecendo-nos o seu único Filho, que é toda a sua alegria. E somente com o Coração de Maria, a humilde e pobre filha de Sião, que se tornou Mãe do Filho do Altíssimo, é possível exultar e alegrar-se pelo imenso dom de Deus e pela sua surpresa imprevisível» (Angelus de 20 de dezembro de 2015).

QUARTO MISTÉRIO

«Igreja que sabe reconhecer os sinais de amor que Deus lhe transmite. Igreja para a qual o Senhor Jesus nunca será uma posse a defender ciosamente: quantos agem assim, cometem um erro; Ele é sempre Aquele que vai ao seu encontro, e ela sabe esperá-lo com confiança e alegria, dando voz à esperança» (Angelus de 20 de dezembro de 2015).

QUINTO MISTÉRIO

«A Igreja que chama o Senhor: ‘Vem, Senhor Jesus!’. A Igreja mãe que mantém as suas portas escancaradas, e os braços abertos para receber todos. Aliás, a Igreja mãe que sai pelas suas portas para ir com sorriso de mãe ao encontro de todos os distantes, para lhes levar a misericórdia de Deus (Angelus de 20 de dezembro de 2015).

INTRODUÇÃO ÀS 3 AVE MARIAS FINAIS

Rezemos três Ave Marias pela evangelização e pela paz.

INTRODUÇÃO À SALVE RAINHA

«A Mãe da Misericórdia. […] Dirijamos-lhe a oração, antiga e sempre nova, da Salve Rainha, pedindo-lhe que nunca se canse de volver para nós os seus olhos misericordiosos e nos faça dignos de contemplar o rosto da misericórdia, seu Filho Jesus» (Bula de Convocação do Jubileu Extraordinário da Misericórdia, 24).