Maio 2017 | Rezai o terço todos os dias

Mês de Maria: dia 2

2. Maio. 2017

– Quereis oferecer-vos a Deus […]?
– Sim, queremos![…] Abriu pela primeira vez as mãos, comunicando-nos uma luz tão intensa, como que reflexo que delas expedia, que penetrando-nos no peito e no mais íntimo da alma, fazendo-nos ver a nós mesmos em Deus, que era essa luz, mais claramente que nos vemos no melhor dos espelhos. […] Passados os primeiros momentos, Nossa Senhora acrescentou:
Rezem o Terço todos os dias, para alcançarem a paz para o mundo […].

INTRODUÇÃO

Em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo. Ámen.

Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo.
Para sempre seja louvado com sua Mãe, Maria Santíssima.

Rainha do Céu, alegrai-vos. Aleluia!
Aquele que mereceste trazer em vosso ventre. Aleluia!
Ressuscitou como disse. Aleluia!
Rogai por nós a Deus. Aleluia!

PRIMEIRO MISTÉRIO

«A morte na cruz. Não deve haver uma situação mais difícil para uma mãe do que acompanhar a morte do seu filho. São momentos lancinantes. Lá, ao pé da cruz, vemos Maria, como qualquer mãe, firme, sem abandonar, mas acompanhando o seu filho até ao momento extremo da morte e morte de cruz» (Papa Francisco, Homilia a 11 de julho de 2015).

SEGUNDO MISTÉRIO

«Contemplamos a vida de Maria e sentimo-nos compreendidos, entendidos. Podemos sentar-nos a rezar e usar uma linguagem comum a tantas situações que vivemos diariamente. Podemo-nos identificar com muitas situações da sua vida. Contar-Lhe as nossas coisas, porque Ela entende-as» (Papa Francisco, Homilia a 11 de julho de 2015).

TERCEIRO MISTÉRIO

«Maria é mulher de fé, é a Mãe da Igreja, Ela acreditou. A sua vida é testemunha de que Deus não dececiona, que Deus não abandona o seu Povo, embora existam momentos ou situações onde parece que Ele não está. Esta é nossa mãe, tão boa, tão generosa, tão presente acompanhando-nos na nossa vida» (Papa Francisco, Homilia a 11 de julho de 2015).

QUARTO MISTÉRIO

«Maria é a Mãe que esteve ao nosso lado em muitas situações difíceis. Está nos nossos hospitais, nas nossas escolas, nas nossas casas. Esteve e está nos nossos trabalhos e nos nossos caminhos. Esteve e está à mesa de cada lar. Sempre com uma presença discreta e silenciosa. […] Gosta de ficar calada, apenas a sua fé acompanha a nossa fé» (Papa Francisco, Homilia a 11 de julho de 2015).

QUINTO MISTÉRIO

«Quando olhamos uma imagem, um santinho ou uma medalha, o sinal dum terço, sabemos que não andamos sozinhos, porque ela nos acompanha. E por que motivo? Porque Maria simplesmente quis estar no meio de seu Povo, com os seus filhos, com a sua família. Seguindo sempre Jesus, no meio da multidão» (Papa Francisco, Homilia a 11 de julho de 2015).

INTRODUÇÃO ÀS 3 AVE MARIAS FINAIS

Rezemos três Ave Marias pela paz no mundo, pela conversão dos pecadores, pelo papa Francisco.

ORAÇÃO JUBILAR DE CONSAGRAÇÃO

Salve, Mãe do Senhor,
Virgem Maria, Rainha do Rosário de Fátima!
Bendita entre todas as mulheres,
és a imagem da Igreja vestida da luz pascal,
és a honra do nosso povo,
és o triunfo sobre a marca do mal.

Profecia do Amor misericordioso do Pai,
Mestra do Anúncio da Boa-Nova do Filho,
Sinal do Fogo ardente do Espírito Santo,
ensina-nos, neste vale de alegrias e dores,
as verdades eternas que o Pai revela aos pequeninos.

Mostra-nos a força do teu manto protetor.
No teu Imaculado Coração,
sê o refúgio dos pecadores
e o caminho que conduz até Deus.

Unido/a aos meus irmãos,
na Fé, na Esperança e no Amor,
a ti me entrego.
Unido/a aos meus irmãos, por ti, a Deus me consagro,
ó Virgem do Rosário de Fátima.

E, enfim, envolvido/a na Luz que das tuas mãos nos vem,
darei glória ao Senhor pelos séculos dos séculos.
Ámen.